segunda-feira, julho 26, 2021

Bolsonaro adota nova estratégia para ampliar seu eleitorado e despontar na liderança

"Vou continuar atirando, mas agora com silenciador", afirmou o pré-candidato à Presidência pelo PSL

Leia também

Estoques de oxigênio estão em nível crítico em municípios paulistas

Levantamento de secretários municipais aponta para falta de cilindros de oxigênio e concentradores usados para aumentar a quantidade de oxigênio oferecida aos pacientes.

Planejamento e estratégias são temas de programa online do IEL -PE

Direcionar o seu negócio pelo caminho da eficiência e do sucesso. Esse é o objetivo principal do programa 'Planejamento...

“Meu rio é silêncio”: novo single da cantora petrolinense Dayanne Menezes reflete sobre as angústias humana e os mistérios do rio

Refletir, de maneira poética e sensível, sobre os mistérios do rio e as angústias humanas. É com esse intuito...

Em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto desconsiderando a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o pré-candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, promete reduzir o tom no discurso para ampliar seu eleitorado e consolidar-se na liderança.

“Vou continuar atirando, mas agora com silenciador”, assim afirmou o deputado carioca em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo desta quinta-feira (24). A ideia partiu de uma equipe de parlamentares aliados de Bolsonaro para “suavizar” a imagem do ex-capitão do Exército, a fim de dissociá-lo de discussões com temas como homofobia, machismo e tortura.

Na entrevista, o pré-candidato ao Planalto afirmou que pretende adotar um estilo mais conciliador, técnico e moderado, tendo em vista as pesquisas de marketing que chegaram ao seu grupo de apoio. Entretanto, Bolsonaro disse não irá esquecer de seus seguidores “mais radiciais”, permanecendo firme aos seus ideais de campanha: “tenho pelo menos cem mil marqueteiros pelo Brasil”, afirmou.

No começo da semana, em palestra o deputado voltou a criticar fortemente a atuação dos movimentos MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), dizendo que são compostos por marginais e que devem ser tratados como terroristas por conta das invasões realizadas: “a propriedade privada é sagrada. Temos que tipificar como terroristas as ações desses marginais. Invadiu? É chumbo!”, disse Bolsonaro.

- Anuncio -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Anuncio -

Últimas notícias

Estoques de oxigênio estão em nível crítico em municípios paulistas

Levantamento de secretários municipais aponta para falta de cilindros de oxigênio e concentradores usados para aumentar a quantidade de oxigênio oferecida aos pacientes.

Planejamento e estratégias são temas de programa online do IEL -PE

Direcionar o seu negócio pelo caminho da eficiência e do sucesso. Esse é o objetivo principal do programa 'Planejamento Estratégico: elaboração e aplicação', que...

“Meu rio é silêncio”: novo single da cantora petrolinense Dayanne Menezes reflete sobre as angústias humana e os mistérios do rio

Refletir, de maneira poética e sensível, sobre os mistérios do rio e as angústias humanas. É com esse intuito que a cantora petrolinense Dayanne...

Cardi B Deletes Instagram After Social Media Backlash Over Her Historic Grammys Win

 The main thing that you have to remember on this journey is just be nice to everyone and always smile. Refreshingly, what was...

Offset Shares a Video of Cardi B Giving Birth to Baby Kulture

 The main thing that you have to remember on this journey is just be nice to everyone and always smile. Refreshingly, what was...
- Anuncio -

Continue informado

- Anuncio -