Ainda neste ano, a Netflix quer que 85% de seus investimentos sejam voltados para conteúdos originais, sejam filmes ou séries, disse o responsável por essa divisão da empresa, Ted Sarandos.

Até o início de 2019, a Netflix deve gastar US$ 8 bilhões na produção de conteúdo e, o mais importante, alcançar a marca de mil produções originais, com o lançamento de outras 470 produções nos próximos meses do ano. Somente nesta segunda-feira (14), a empresa anunciou que a série “Perdidos no Espaço” será renovada para a segunda temporada e que lançará uma série de terror com Guillermo del Toro, diretor vencedor do Oscar.

Em evento realizado nesta segunda-feira (14) em Nova York, o executivo justificou a estratégia afirmando que 9 em cada 10 usuários da plataforma assistem aos conteúdos originais da empresa regularmente.

Ele ainda sinalizou que a empresa deve se afastar cada vez menos adquirir o licenciamento para transmitir produções de outras empresas, como é o caso dos filmes e séries que foram exibidos em outros canais de televisão e até no cinema.

A tendência que a empresa enxerga para os próximos anos é de que as concorrentes foquem cada vez mais na produção de uma plataforma própria de streaming, ao invés de incorporá-las à Netflix. A Disney e a Fox, por exemplo, são algumas das produtoras que se anteciparam e já anunciaram investimentos em um streaming próprio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here